A minha APP é melhor que a tua

A minha APP é melhor que a tua

Uma das questões recorrentes entre o pessoal que corre é: qual é a melhor aplicação para registar e/ou analisar os treinos e as provas que efectuamos?

Na minha opinião não há uma única resposta para esta questão. Há centenas de aplicações para as mais diversas plataformas, o que já de si torna um estudo deste tipo muito difícil de executar, sendo muitas delas muito parecidas entre si ou com funcionalidades, no geral, muito semelhantes. Por outro lado há também o desejo do utilizador, ou seja nós atletas, naquilo que queremos tirar partido da aplicação e que poderemos considerar como uma mais-valia para os nossos treinos ou actividades.

Na minha experiência pessoal sou utilizador de quatro aplicações distintas, a saber o Micoach da Adidas, o Garmin Connect, o Strava e mais recentemente a Sport Tracks.

O Micoach é a aplicação, que na minha opinião, apresenta os planos de treino mais entendíveis aos atletas menos experientes e mais eficazes nos resultados. Tem planos “à medida” desde os simples treinos para caminhar até planos para a Maratona com objectivos de tempo “pouco modestos”. Foi com esta aplicação que comecei a correr e da minha experiência os planos de treino, se bem executados, funcionam mesmo. O único inconveniente é que só integra automaticamente com produtos da Adidas, mas com alguma vontade, conseguem-se replicar os treinos noutras aplicações e/ou nos diversos relógios para treino.

Detalhe da aplicação Micoach da Adidas

Numa fase seguinte cansei-me de treinar e correr de telemóvel no braço, por todos os motivos que quem corre com um telemóvel no braço já alguma vez experienciou: a bateria dura pouco, o GPS não arranca ou regista disparates, o telefone não para de tocar, ou muitas outras chatices que poderia enumerar, e comprei um relógio com GPS da Garmin. Por uma questão de facilidade de utilização e transmissão de dados entre o relógio e aplicação comecei a usar o Garmin Connect. É uma aplicação muito completa em termos de registo e análise dos dados do treino e, faz gratuitamente muitas coisas que são premium noutras aplicações. Permite o upload de ficheiros GPX obtidos com outros equipamentos, mas talvez por o marketing desta aplicação estar focado nos produtos da Garmin, penso que é utilizado sobretudo por quem tem ou já teve equipamentos da Garmin.

Detalhe da aplicação Garmin Connect

Mais tarde descobri o Strava. É uma aplicação originalmente concebida para ciclistas, mas que rapidamente foi adoptada também pelos runners deste mundo. É muito parecida com o Garmin Connect, apesar de alguns dos parâmetros de avaliação de treino apenas serem disponibilizados na versão premium, enquanto na Garmin Connect são gratuitos. A mais-valia e originalidade desta aplicação são os denominados “segmentos”, onde é registado o tempo de cada atleta sempre que se passa em determinado segmento de um percurso e regista os diversos recordes, havendo uma competição saudável entre os atletas para obter o melhor tempo em cada segmento existente. É um modo muito interessante de nos obrigar a dar um bocadinho mais em cada treino para tirar uns segundos a um certo tempo, e assim a melhorar quase inconscientemente a nossa performance.

Detalhe da aplicação móvel do Strava

Depois adoptei um plugin para o Strava que permitia ainda mais esmiuçar os treinos e as provas: o Veloviewer, sobre o qual escrevi aqui.

Mais recentemente senti a necessidade de utilizar uma aplicação que me permitisse analisar os treinos e provas de um modo mais completo e aprofundado. A aplicação que respondeu à minha exigência foi a Sport Tracks. Com esta aplicação, que podem testar gratuitamente por 45 dias mas que depois terão de adquirir por cerca de 45 EUR por ano, consigo analisar o efeito do treino em termos de fadiga e de forma física, e analisar os picos de forma e desempenho. É muito útil para validar a eficácia do treino que faço, e para perceber o que fiz bem e o que fiz mal, e tentar melhorar ou corrigir nas semanas seguintes. Como com esta análise se consegue igualmente determinar os picos de forma, podemos ajustar o plano de treinos perfeitamente para estarmos na nossa melhor forma em determinada data.

Detalhe da aplicação Sport Tracks

Para mim que corro trilhos e montanha apresenta ainda outra grande valia para a minha preparação das provas. Com o track do percurso a aplicação segmenta automaticamente todas as subidas e descidas do percurso, com informações de distância, desnível, inclinação, de cada uma das subidas e descidas, permitindo-me assim avaliar e ajustar o meu desempenho em cada um dos segmentos. Caso vos interesse perceber como o é medido o desempenho e como podem melhorar o mesmo com base na análise dos vossos treinos vejam aqui o que esta aplicação pode oferecer.

Em resumo continuo a utilizar diariamente três aplicações: o Garmin Connect, o Strava e o Sport Tracks. Apenas necessito fazer o upload do treino/prova para o Garmin Connect que este encarrega-se de enviar automaticamente para o Strava e para o Sport Tracks. Depois divirto-me com o pessoal nos segmentos do Strava, e estudo os meus treinos e tento melhorar a minha performance no Sport Tracks.

Como vêm há aplicações para tudo e até há quem escolha a sua aplicação preferida apenas porque gosta mais da cor do interface da aplicação.

Experimentem as diversas aplicações que há no mercado e façam uma escolha de acordo com a informação que pretendem obter e o modo como ela vos é apresentada, é o principal conselho que vos posso oferecer. Aplicações há muitas e todos os critérios para a escolha são válidos. Como em tudo na vida, com a nossa evolução natural é bem possível que a aplicação que é perfeita para nós hoje, para o mês que vem ou daqui a um ano já não o seja.

A minha APP não é melhor que a tua, é apenas a que se ajusta melhor ao que eu procuro para mim neste momento. 😉

Continuação de bons treinos e provas!!!

Published byNuno Gião

Chamo-me Nuno Gião e sou um atleta de pelotão que gosta de correr longas distâncias. Se há uns anos atrás me tivessem dito que ia correr uma meia maratona eu chamaria louca a essa pessoa. Imaginem se me dissessem que em 2014 iria correr uma prova 100 Km… Actualmente corro Ultra Trails, participo em desafios de endurance na natureza e é sempre uma enorme satisfação que cruzo as mais fantásticas paisagens. Tento superar os diversos desafios a que me proponho. A vida é demasiado curta e bonita para ser desperdiçada sentado num sofá.

2 Comments

  • lourencobray

    02/12/2014 at 11:00 Responder

    Também uso o Garmin Connect e o Strava. O Sport Tracks vou no free trial e vou investir nele. Usei o Training Peaks versão paga 1 ano, é bom, especialmente para conciliar a nutrição com o plano de treinos e como diário de treino, mas é demasiado caro para o que é. O que para mim o arruinou foram os erros sistemáticos quando importava gpx, fosse do garmin fosse do suunto. Cada ficheiro pelo meio tinha sempre uns spikes de pace malucos e depois destruía a análise do treino, os melhores 10 segundos, 30′, 60′ etc. Os planos de treinos também eram caríssimos, era normal custarem 150$ etc.

    • Nuno Gião

      02/12/2014 at 20:35 Responder

      Tenho pena que o Strava só tenha a avaliação do desempenho para o ciclismo, experimentei o trial deles as mais-valias do ponto de vista do running são nulas, comparando com o Garmin Connect por exemplo. O Sport Tracks tem uma excelente relação qualidade/preço para aquilo que oferece e para quem pretende analisar o desempenho com um pouco mais rigor.

Post a Comment

%d bloggers like this: