O minuto 92

O minuto 92

Nas últimas épocas do mundo da bola, o minuto 92 ficou famoso pela má sorte do Benfica, ao perder a conquista de alguns troféus com derrotas no minuto 92 de alguns jogos que disputou.

Ontem a má sorte coube-me a mim, não ao minuto 92, mas ao Km 28, sendo que o Km 28 começa a ser o meu minuto 92.

Depois de uma primeira parte de corrida, nos Trilhos do Paleozóico, bastante tranquila, não obstante alguns troços de lama e água que já tinha atravessado, eis que num troço relativamente inócuo e, quando nada o fazia prever, o tornozelo esquerdo fez das suas e arranjou para aqui uma nova entorse.

Seguia tranquilo e não estava a controlar tempo nem distância com regularidade, pelo que no momento do acidente não fazia ideia do quilómetro de prova em que me encontrava.

Elapsed Time Moving Time Distance Average Speed Max Speed Elevation Gain
04:28:18 04:04:08 29.56 7.26 20.16 1,129.00
hours hours km km/h km/h meters

Quando me sentei no chão para aferir os estragos, olho para o relógio, e o número sorridente que de lá saltava era 28,34 Km!

Curioso facto.

No Ultra Trail de Andorra do ano passado, como relatei aqui, tive de abandonar igualmente por ter feito uma entorse, quando percorria o quilómetro 28…

Coincidência? Curiosidade? Devo começar a dedicar-me a provas com menos de 28Km?…

Aceitam-se teorias e recomendações!

ready

Curiosamente, ontem mesmo ao final do dia, o minuto 92 serviu para o Benfica obter uma vitória difícil, quem sabe rumo à conquista de mais um campeonato. Independentemente da sua conquista ou não, seguramente serviu como reviravolta no karma do minuto 92.

Espero ansiosamente que o meu karma dê também a sua volta e os Km 28 das provas futuras sejam de novo um passeio tranquilo e sem coincidências curiosas.

Mais pedra menos pedra no caminho, o rumo ao UTMB mantém-se bem firme e definido.

Continuação de bons treinos e de boas aventuras!!!

 

Published byNuno Gião

Chamo-me Nuno Gião e sou um atleta de pelotão que gosta de correr longas distâncias. Se há uns anos atrás me tivessem dito que ia correr uma meia maratona eu chamaria louca a essa pessoa. Imaginem se me dissessem que em 2014 iria correr uma prova 100 Km… Actualmente corro Ultra Trails, participo em desafios de endurance na natureza e é sempre uma enorme satisfação que cruzo as mais fantásticas paisagens. Tento superar os diversos desafios a que me proponho. A vida é demasiado curta e bonita para ser desperdiçada sentado num sofá.

No Comments

Post a Comment

%d bloggers like this: