101 Peregrinos – O Presunto

101 Peregrinos – O Presunto

Não conhecia o Nuno Dias de Almeida. Conheci-o na última Sexta-Feira como sendo mais um dos atletas do grupo Run4Fun e, tal como eu, estava em Ponferrada para participar nos 101 Peregrinos.

Enquanto víamos a bola antes de jantar, partilhou connosco os seus objectivos para a corrida e que eram algo como isto:

  • Fazer uma média de +-10Km por hora;
  • Comprar pilhas para o frontal;
  • E trazer o presunto!

Sim, o presunto!

No último abastecimento dos 101 Peregrinos, por volta dos 85Km, há a tradição de pendurar cerca de uma dezena de presuntos, aos atletas que lá cheguem é permitido levar um dos presuntos, sendo a condição para ficarem com ele carregarem o dito até à meta.

Isto contado antes de jantar, quase soava àqueles mitos fantásticos que por vezes se ouvem por aí sobre uma ou outra prova.

nda1

Sábado comecei a prova mais rápido e o Nuno apanhou-me por volta do quilómetro 20. Corremos juntos uns três pares de quilómetros e mandei-o embora à vida dele que eu ia entrar no (meu) “fatídico” Km 28 e decidi acalmar o ritmo.

Ele ia com esperança de comprar pilhas para o frontal pelo caminho, objectivo que acabou por não conseguir concretizar. Mas, quem sabe se para compensar, o destino permitiu que chegasse ao abastecimento do Km 85 e ainda lá estava o último presunto a sorrir para ele.

Presunto às costas, e ala que se faz tarde, toca a correr os 20 quilómetros que faltavam em direcção à meta. Correr de noite, em trilhos, sem luz, e com um presunto de 7 ou 8 quilos às costas… É de facto um feito digno de registo.

A propósito disto um atleta que ia na prova de BTT partilhou o seguinte na página da prova no Facebook:

“Para megavruto el portugués que lo llevaba al hombro, creo que fue el último que lo cojio en Santalla se cayó en la bajada con barro de priaranza y el jamón no toco el suelo, un crack el hombre, como iba. Que maquina, yo iba con la bici detrás de él y lo vi, como iba con el jamón al hombro”

No final cruzou a meta com pouco mais de 15 horas de prova!

Com esta o Nuno entrou directamente para a minha galeria de Heróis do Trail!!!

Continuação de bons treinos e de boas aventuras!!!

 

Published byNuno Gião

Chamo-me Nuno Gião e sou um atleta de pelotão que gosta de correr longas distâncias. Se há uns anos atrás me tivessem dito que ia correr uma meia maratona eu chamaria louca a essa pessoa. Imaginem se me dissessem que em 2014 iria correr uma prova 100 Km… Actualmente corro Ultra Trails, participo em desafios de endurance na natureza e é sempre uma enorme satisfação que cruzo as mais fantásticas paisagens. Tento superar os diversos desafios a que me proponho. A vida é demasiado curta e bonita para ser desperdiçada sentado num sofá.

No Comments

Post a Comment

%d bloggers like this: