Lets go to the party

Lets go to the party

Agora é ir, não há volta a dar.

Neste momento o peso da ansiedade contrasta com o peso da mochila que daqui a pouco vou levar às costas.

Vou só ali dar a volta ao Monte Branco e já volto, em 170km e 20000m de desnível acumulado. A aventura deve demorar pouco menos que dois dias.

Parto feliz à aventura mas parto incompleto. Quiseram as vicissitudes do destino que desta vez os que mais gosto não pudessem estar comigo aqui presentes. Não vou ter assim aquele doping espetacular, que são os sorrisos e os afectos quando se chega a uma base de vida, já para não falar da preciosa ajuda que é ter alguém para nos ajudar nesses pontos.

Parto também incompleto porque vou partir sozinho. Esta era a “nossa aventura”, minha e do Vargas, e o malandro baldou-se em grande estilo. Agora tenho de a fazer pelos dois. Onde quer que ele esteja sei que vai estar a puxar por mim como fez em muitas outras corridas, e sei que quando cruzar a meta a cruzaremos juntos e o meu colete de finisher será o dele também.

Daqui a pouco é hora de arrumar a trouxa e zarpar. Vamos lá atacar o Monte Branco!

Para seguirem esta aventura é clicar em aqui.

Obrigado desde já a todos os que têm enviado as mais diversas mensagens de apoio.

Continuação de bons treinos e de boas aventuras!!!

 

Published byNuno Gião

Chamo-me Nuno Gião e sou um atleta de pelotão que gosta de correr longas distâncias. Se há uns anos atrás me tivessem dito que ia correr uma meia maratona eu chamaria louca a essa pessoa. Imaginem se me dissessem que em 2014 iria correr uma prova 100 Km… Actualmente corro Ultra Trails, participo em desafios de endurance na natureza e é sempre uma enorme satisfação que cruzo as mais fantásticas paisagens. Tento superar os diversos desafios a que me proponho. A vida é demasiado curta e bonita para ser desperdiçada sentado num sofá.

No Comments

Post a Comment

%d bloggers like this: