Regresso à Estrada

A última prova de estrada que fiz tinha sido há pouco mais de dois anos, na Maratona do Porto. Desde então as provas oficiais em que participei foram exclusivamente de trilhos.

Ontem porém, regressei às provas de estrada e mais uma vez por um bom motivo, apadrinhar o meu primo Mário na sua estreia nos 21Km.

O objectivo dele era terminar em menos de 2 horas de prova, e eu mesmo sem grande treino nos últimos dois meses aceitei o desafio de ir puxar por ele na Meia Maratona de Évora.

Évora é uma cidade de que gosto muito e foi bom rever esta cidade bonita e cheia de história. Esta corrida serviu também para rever alguns amigos que já não via há algum tempo, precisamente por me ter dedicado às corridas na montanha.

Elapsed Time Moving Time Distance Average Speed Max Speed Elevation Gain
01:55:59 01:55:22 21.37 11.11 19.44 136.60
hours hours km km/h km/h meters

A prova em si foi tranquila, começou na Praça do Giraldo e serpenteou algumas mias estreitas do centro histórico de Évora, até chegarmos ao Templo de Diana. Apesar de mais estreitas, conseguimos circular sem atropelos ou acidentes ou que já não foi mau. Nem o piso de empedrado ou paralelo que eu detesto desta vez me incomodou.

Depois foi circular na zonas circundantes à cidade, para regressar de novo à Praça do Giraldo onde chegámos com pouco mais de 1h55 de corrida.

A prova em si foi tranquila. Foi um luxo para o Mário ter duas lebres a puxar por ele, eu e o Ivo. Começámos, talvez, um pouco rápido de mais para o Mário, e ele veio a ressentir-se a partir do Km 18, onde começou com cãibras e teve de abrandar forçosamente. Foi pena, porque a parte final da corrida era propícia a acelerar mais um pouco e poderíamos ter tirado uns minutos ao tempo final, mas para uma estreia não foi mau de todo, e tomara eu ter feito menos de 2 horas quando me estreei na Meia Maratona.

img-20161127-wa0017

Foi bom para mudar um pouco o registo das provas de montanha, e até ao final do ano ainda irei participar em mais uma ou duas provas de estrada para desanuviar. Uma será a primeira edição da São Silvestre de Almada, outra ainda se verá.

Agora venha o Caminho de Santiago, onde espero encontrar a inspiração para preparar um 2017 em grande.

Continuação de bons treinos e de boas aventuras!!!

Sobre mim…

Chamo-me Nuno Gião e sou um atleta de pelotão que gosta de correr longas distâncias. Se há uns anos atrás me tivessem dito que ia correr uma meia maratona eu chamaria louca a essa pessoa. Imaginem se me dissessem que em 2014 iria correr uma prova 100 Km... Actualmente corro Ultra Trails, participo em desafios de endurance na natureza e é sempre uma enorme satisfação que cruzo as mais fantásticas paisagens. Tento superar os diversos desafios a que me proponho. A vida é demasiado curta e bonita para ser desperdiçada sentado num sofá.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *