Ressaca do Mitic Andorra Ultra Trail

Ainda estou a ressacar da minha participação no Mitic Andorra Ultra Trail.

Quilometro 28, uma descida algo traiçoeira na encosta de um vale, numa espécie de single track aberto por entre um pasto de relva alta, verde e húmida, fez-me pensar: “é preciso ter cuidado neste troço que é mesmo propício para escorregar e mandar um tralho”. Ora devo ter corrido uns 20 metros após este pensamento e o pé direito escorrega na relva fresquinha. Com a perna esquerda tentei equilibrar-me e evitar uma queda certa, e nesta tentativa infrutífera coloco mal o pé no chão e torço o tornozelo esquerdo. Enquanto isto continuo a voar sentado, numa espécie de triplo salto que faria inveja ao Nélson Évora. Quando chego com o rabo ao chão percebi que a minha corrida tinha terminado ali. Correr ou mesmo caminhar com um tornozelo em mau estado pelos 84 quilómetros que ainda faltavam, seria um esforço e um sofrimento desnecessários, que apenas serviriam para tentar terminar (sem garantia de que o conseguisse) esta prova, sem me estar a divertir e a desfrutar todo o percurso como gosto. Foi uma decisão difícil mas acertada. Ainda saí do ponto de controlo dos 31 quilómetros, (onde abandonei a prova), em direção ao ponto de controlo seguinte aos 44 quilómetros, mas após caminhar 500 metros percebi, sem dúvidas, de que não valia a pena continuar assim.

IMG_20150625_172306
O percurso do Mitic Andorra Ultra Trail

Acabei assim completando apenas 31 quilómetros e 3300 metros de desnível positivo do Mitic Andorra Ultra Trail.

Pontos positivos:

  • Toda a envolvência da prova
  • A organização de alto nível
  • A experiência de correr em alta montanha e aprender os seus efeitos
  • A subida ao pico de Comapedrosa a 3000m de altitude.

Agora é tempo de recuperar e começar a preparar a próxima prova: os 141 Km do Ultra-Trail Côte d’Azur Mercantour.

Até lá ainda irei escrever algumas coisas sobre o Andorra Ultra Trail, que é sem dúvida uma prova espectacular, e onde para o ano irei de novo participar para vingar o insucesso deste ano.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

Mitic Andorra Ultra Trail Here We Go!

Faltam pouco mais de 3 horas para o início do Mitic Andorra Ultra Trail

Vou correr com o dorsal número 1211 e podem seguir a minha prova online clicando aqui.

Podem também acompanhar as actualizações automática no facebook e tweeter no meu perfil ou com a hashtag #AndorraUT

A minha cábula para esta prova será esta:

MITIC

Agora é descansar e relaxar estas últimas horas antes da prova.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

Destination Andorra

Estes últimos dias têm sido particularmente viajados: Lisboa – Roma – Palermo – Roma – Lisboa – Porto – Lisboa – Madrid – Lisboa – Andorra.

Muitas viagens implicam logo um cansaço extra de tanta movimentação fora da rotina habitual. A somar a isso os treinos acabam por ser deficientes face ao inicialmente previsto no plano de treinos, e a alimentação é também pior, uma vez que fora de casa, pelo menos eu, acabo sempre cometendo alguns excessos gastronómicos.

Chegado ao destino final, resta agora dar o meu melhor e divertir-me ao máximo nesta uma aventura gigantesca que vai ser o Ultra Trail de Andorra.

Wish me luck!

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

Respeito pelo ambiente

Uma das coisas que me chateia de sobremaneira em algumas provas é a quantidade de lixo que fica espalhado pelos trilhos e na natureza, lixo este deixado pelos atletas e que do meu ponto de vista não é admissível qualquer que seja a justificação.

aut17O Andorra Ultra Trail também, como em muitas outras provas, solicita o respeito pela natureza (e não só) ao longo da prova com a seguinte mensagem: “Be respectful of the environment as well as of the other runners, volunteers and yourself.”

Daqui a uns dias estarei em condições de fazer esta avaliação e comparar o respeito pela natureza pelos atletas participantes desta prova.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

Andorra Ultra Trail – Capítulo 6

Sexto e último vídeo da ante-visão do Andorra Ultra Trail de 2015.

Valente empeno que nos espera, mas vai ser uma primeira experiência a correr em alta montanha para nunca mais esquecer. Vai servir para desfrutar destas paisagens fantásticas e sobretudo para aprender e ganhar experiência para desafios futuros.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

Estreia na Alta Montanha

É com alguma expectativa que conto os dias para a partida da minha primeira prova de alta montanha.

As organizações deste tipo de provas apresentam sempre números impressionantes no que diz respeito à organização e, com o aproximar da data, começam a ser divulgados alguns destes números. Andorra não é excepção.

Já sabemos que irão existir 22 pontos de controlo para visualização em tempo real da passagem dos atletas via internet. Oito pontos ao longo do percurso com imagens ao vivo da prova, entrevistas aos atletas e imagens aéreas a partir de drones. Publicarei aqui o link directo para estes recursos assim que se encontrar disponível, ou então consultem o sitio de internet da prova clicando aqui.

No que diz respeito à segurança o Andorra Ultra Trail conta com 500 pessoas ao serviço dos atletas. 400 voluntários divididos por 77 pontos de controlo ao longo dos percursos, muitos dos quais irão passar mais de 30 horas em abrigos ou tendas em alta altitude. E cerca de 100 outros colaboradores entre médicos de emergência de Alta Altitude, enfermeiras, fisioterapeutas, podologistas, massagistas, membros da Cruz Vermelha, bombeiros de resgate em alta montanha, para além da policia e membros da Protecção Civil de Andorra.

Estarão disponíveis seis autocarros gratuitos para os acompanhantes dos atletas os apoiarem em vários pontos do percurso, e cinco mini autocarros para apanhar os atletas desistentes (espero não vir a precisar deste serviço gratuito).

No que diz respeito a abastecimentos, estão anunciados 18 toneladas de alimentos e 5000 litros de bebidas, distribuídos ao longo dos 22 pontos de abastecimento das quatro provas que compõem o Andorra Ultra Trail.

É obra!!! Agora é começar a correr e perceber se no final a organização acompanha as boas expectativas iniciais.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!

112 Km parece muito?!

A contagem decrescente continua e só faltam 4 dias para o Andorra Ultra Trail.

A prova que vou fazer é a Mitic, que consta de uma voltinha de 112Km pelo Principado de Andorra com 9700m D+. Em princípio seremos oito tugas a competir nesta prova, pelo que se terminar, a minha presença no Top 10 por país está garantida. Haja pernas para chegar ao fim.

Perfil2015MiticParece muito mas na realidade esta não é a prova rainha. A prova rainha é a famosa Ronda del Cims, uma voltinha de 170Km pelo Principado de Andorra com 13500m D+, e considerada a prova de 100 milhas mais dura da Europa. Talvez para o ano possa aventurar-me num desafio deste calibre, para já fico-me pela Mitic.

Continuação de bons treinos e de boas provas!!!